Stand still you ever-moving spheres of Heaven | Henrique Furtado P. Vieira e Chiara Taviani

residência de criação no CAPa – 30 de Outubro a 3 de Novembro 2017

«Stand still you ever-moving spheres of Heaven » inspira-se na obra cinematográfica do realizador Roy Andersson, caracterizada por planos fixos e sequências filmadas em estúdio, semelhantes a telas vivas tingidas de humor negro e fantasia surrealista, cujo potencial dramático e cómico nos fascina. Alcançar esses estados sensíveis à memória, ao esquecimento e ao acidente, e transpô-los em palco, são a motivação que sustenta a nossa pesquisa coreográfica e textual. Pretendemos trabalhar o monólogo diretamente dirigido à audiência, sob a forma de relatos de episódios banais do quotidiano, de curtas histórias autobiográficas de pessoas anónimas, muitas vezes histórias sem desfecho nem queda.

 

concepção e interpretação Chiara Taviani e Henrique Furtado P. Vieira
cenografia e figurinos Dimitri Capuani
desenho de luz por definir
apoio dramatúrgico Céline Cartillier
transmissão de kathakali Livia Porzio

co-produção – ACASA Scenario Pubblico/ Zappalà Danza (IT)
apoio à residência artística – Devir Capa (PT), Companhia Olga Roriz (PT), EKA Palace (PT), Espaço do Tempo (PT), KLAP Maison pour la Danse (FR), La Liseuse Cie Georges Appaix (FR)
administração e produção – Unità Organizzazione Teatrale (IT), SIEGE (FR)

 

Henrique Furtado P. Vieira (Portugal – França) engenheiro em Energia e Meio Ambiente, bailarino, performer e coreógrafo, Henrique vive e trabalha entre Portugal e França. Efetua a sua formação artística em várias instituições europeias (INSA de Lyon, Extensions – CDC de Toulouse, Prototype II – Abadia de Royaumont). É intérprete para projetos de Bleuène Madelaine, Eric Languet, Aurélien Richard, Céline Cartillier, Tino Sehgal e Vera Mantero. Além disso, é marcado por encontros com vários artistas como João Fiadeiro, Sophie Perez e Xavier Boussiron, entre outros. Colabora com Aloun Marchal (Bibi Ha Bibi) e Chiara Taviani (Stand still you ever-moving spheres of heaven) na criação de espetáculos onde os estilos e os géneros se sobrepõem, e onde os figurinos, os objetos e a presença vocal têm um lugar de destaque.

 

Chiara Taviani (Itália – França) realiza os seus estudos na Académie Princesse Grace de Monaco (Fr) e na Spid Academy de Milão (It), e efetua a formação Coline em Istres onde trabalha com vários coreógrafos tais como : Emmanuel Gat, Edmond Russo e Shlomi Tuizer, Mathilde Monnier, Georges Appaix, Thierry Thieu Niang, Salia Sania et Seydou Boro, Lisi Estaràs dos Ballets C de la B… Em seguida torna-se intérprete em várias companhias italianas, incluindo o Balletto Civile de Michela Lucenti. Em 2011, cria a companhia ‘C&C’, colaboração com Carlo Massari. Até hoje criaram várias peças: Maria Addolorata, 012, Corpo e Cultura e Tristissimo. Em 2014-2015 segue o programa de investigação e criação Prototype II na abadia de Royaumont. Colabora com Henrique Furtado (Stand still you ever-moving spheres of heaven), Alexandra Grimal (La vapeur au-dessus du riz) e Marion Alzieu (Total). Criou também recentemente o solo PeurBleue, em digressão em Itália.

 

a DeVIR é uma estrutura financiada por

Digital_PT_4C_V_FC_Cultura

Discuss - No Comments